Quarta-feira, Outubro 28
Home>>A INDÚSTRIA DO HÓQUEI>>O hóquei volta a treinar
hóquei volta ao treino
A INDÚSTRIA DO HÓQUEINoticias

O hóquei volta a treinar

A partir de 1 de junho, o hóquei volta a treinar. E, podendo e querendo, em pavilhão.

Há um mês dávamos a notícia de que os treinos de hóquei não iam voltar com o início do desconfinamento. Agora, a Resolução do Conselho de Ministros 40-A/2020, datada de 29 de maio, levanta algumas proibições. Por isso, chegou a altura de o hóquei poder voltar a treinar, ainda que com restrições.

O artigo 19º desta Resolução explicita que «apenas pode ser realizada a prática de atividade física e desportiva em contexto não competitivo (…) de modalidades coletivas por atletas federados, desde que no cumprimento das orientações definidas pela DGS».

Por outras palavras, o hóquei em patins pode voltar aos treinos se:

– O treino for feito por atletas federados;

– Cumprir as normas da Direção-Geral de Saúde.

Neste momento, a Federação de Patinagem de Portugal prepara o Protocolo orientador do regresso a atividade e competições em pavilhões. Não sabemos ainda que regras devem ser seguidas pelos clubes para este regresso à atividade. Mas já demos conta das 29 medidas que a NHL impôs aos clubes de hóquei no gelo para que estes voltassem aos treinos.

Onde é que o hóquei volta a treinar?

A questão seguinte é “Onde é que o hóquei volta a treinar?”. Por um lado, o treino ao ar livre, isto é, em rinques (pistas ao ar livre) está permitido. É o que diz o número 3 do Artigo 19º da Resolução, sem merecer grande discussão. «A prática de atividade física e desportiva ao ar livre ou em ginásios e academias apenas pode ser realizada desde que sejam respeitadas as orientações definidas pela DGS».

Mas o Anexo 3 da mesma Resolução (que lista os recintos que permanecem encerrados) sublinha que os pavilhões de hóquei em patins devem permanecer fechados, salvo se «forem destinadas à atividade dos praticantes desportivos federados, em contexto de treino». Ou seja, parece entender-se que mesmo os pavilhões podem abrir para treinos de hóquei em patins de atletas federados, desde que cumprindo as regras da DGS.

Assim, parece que dias de espera estão, aos poucos, a chegar ao fim. Vai voltar o chiar dos patins e o cheiro a luva-de-fim-do-treino. Porque o hóquei volta a treinar.

Foto: Federação de Patinagem de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *